METAPINTURA 87-88

 


A Metapintura aborda uma fase de reflexão sobre a  reprodutibilidade  da arte,  da imagem, um pouco na esteira de Andy Warhol.  No entanto,  esta  intervenção é   encarada,  não  no seu factor de desmultiplicação, mas  na  sua   qualidade  de unicidade  múltipla.
A  intervenção sobre  imagens comuns ao mundo da arte e do espectáculo, aproxima-se  da faceta  Duchampiana  do  ready made:  a contestação que constituiu a exposição "Cenas e Actos do Desespero", realizada em 1987, através de imagens pintadas sobre placas de madeira partida, encontrados ao acaso na rua,  penduradas, também ao acaso, pelas paredes da galeria. O grau de intervenção sobre estas placas era mínimo; as imagens,  alusões a "Madonna, Morrisey, Prince"...
Procurava-se aqui dar um novo sentido ao objecto/ imagem, sendo o acto artístico uma experiência única.
"... cada experiência morre com cada movimento. A obra deixa de ter sentido para passar a tê-lo para os outros. Por isto, quando morre, a obra é sepultada no cemitério das obras de arte: a sala de exposições, a galeria, o museu..." (cit. in "Sonho de uma Obra", livro II, pag. 8/9; Outubro de 1980).

Mulheres I-1, 1987-82
100 x 70 cm, assemblage
acrílico e óleo s/ madeira
(Propriedade Victor E. Gomes)


Mulheres I-5, 1987-86
128 x 37 cm, óleo s/ madeira
500€


Mulheres II-3, 1987-90
20 x 30 cm, guache s/ fotos de revista
coladas s/ papel autocolante
250€

index

Morrisey, 1987-100
80 x 70 cm, óleo s/ poster
300€

Ama do Homem e do Mundo em Particular
1988-112
100 x 80 cm, assemblage, colage e pintura s/ poster s/ madeira
500€

"Metamorfose de 'As Banhistas' de Cézanne"
1988-116
(apenas disponível em versão digital)
35 x 55 cm,  óleo s/ tela s/ vidro martelado
100€*

* Disponível apenas em versão digital
S/ impressão: 100 €
Impressão em papel ou tela: preço condicionado ao tamanho desejado
(ver preços base)